EcoMassa


      Notícia publicada às 08:32:37 - 11/03/2017 e lida: 640 vezes   
    
  
  
População manifesta apoio a Natalzinho durante entrevista na Planalto
Em boa parte da entrevista, populares enviaram mensagens de apoio e incentivo ao trabalho do titular da Semec.

População manifesta apoio a Natalzinho durante entrevista na Planalto
População manifesta apoio a Natalzinho durante entrevista na Planalto
Foto: Divulgação

Por
Redação

O radialista Roberto Dizorzi entrevistou, na manhã desta sexta-feira 10, o desportista e secretário de Esportes e Cultura, Natal Jacob (Natalzinho). A entrevista foi às 11h30 durante o programa Vale Tudo no quadro de notícias esportivas.

O secretário da Semec, em quase meia hora de bate papo com o radialista, fez uma avaliação das atividades de sua pasta, destacando a precariedade em que encontrou o setor de esportes do município e os trabalhos realizados até o momento com apoio de empresas através de doação de materiais.

Em boa parte da entrevista, populares enviaram mensagens de apoio e incentivo ao trabalho do titular da Semec. “Foram muitas as mensagens e não deu tempo de ler todas no ar. Moradores da Assossete, Vila Operária, São José, Embratel, Nova Vilhena e de outros bairros usaram, principalmente o grupo do Whatsapp da emissora para manifestar a confiança depositada ao trabalho que o Natalzinho vem desenvolvendo na sua secretaria. É algo impressionante a popularidade o secretário”, comentou Roberto Dizorzi.

Natalzinho disse que não tem feito nada mais de que suas obrigações como secretário, mas destacou que a prefeita Rosani Donadon tem papel importante em todo esse processo de revitalização do esporte vilhenense. “A nossa prefeita, no início da gestão, deixou claro que compete a cada secretário amor e dedicação com o compromisso que estava assumindo. Ela tem apoiado integralmente nossas ações e acredito que estamos atendendo as expectativas, senão não estaríamos recebendo todo esse carinho da população. Estamos na Semec porque amamos o que fazemos e temos ainda projetos para muitos mais. Este ano vamos ainda realizar muitos eventos esportivos e sociais. Essa é nossa obrigação e graças a Deus tem dado tudo certo. Minha equipe também está de parabéns, pois todos têm se dedicado e isso demonstra harmonia entre nós”, acrescentou o secretário.

Sobre o Campeonato Rondoniense que começa neste sábado, 11, no estádio Portal da Amazônia, quando se enfrentam o Vec e o Real Ariquemes, o secretário revelou que houve um mutirão de atividades envolvendo, além da Semec, as secretarias de Obras, Planejamento e Saae. “Conseguimos em tempo hábil deixar o estádio pronto para o início do campeonato e com certeza que ganha é a população, em especial os torcedores que estarão presentes para assistir o espetáculo de abertura da competição”, destacou.

Perguntado sobre os ingressos, Natalzinho adiantou que o estádio, nos dias de jogos, será de competência dos clubes, daí a Semec não tem domínio ao acesso dentro do Portal da Amazônia. “Não adianta pedir ingresso ao secretário, à prefeita ou a qualquer outra autoridade municipal. Só os dirigentes dos clubes podem doar ingresso, nós não. Inclusive, eu vou comprar o meu para ajudar ao Vec”, salientou.

Em relação aos Jogos Intermunicipais de Rondônia (JIR), Jacob esclareceu que Vilhena entrou no páreo para ser a sede da competição que acontecerá em setembro. A cidade disputa com mais quatro localidades: Ji-Paraná, Cacoal, Presidente Médici e Ariquemes. “Esta semana recebemos a vista do representante do Conselho Estadual de Desporto e Lazer (Conedel) que veio vistorias os locais das competições, restaurantes e hotéis da cidade. O Zé Carlos voltou para Porto Velho com boa impressão e estamos torcendo para que Vilhena seja escolhida”, concluiu.

 

 

FONTE: Assessoria

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.