Notícia publicada às 09:57:10 - 02/02/2017 e lida: 817 vezes   
    
  
  
Morador de rua intimida clientes de banco dizendo ter HIV e acaba preso em Rondônia
Suspeito tentava obrigar pessoas a lhe dar dinheiro, em Porto Velho. Sem sucesso, homem quebrou vidraça de banco com pedra.

Morador de rua intimida clientes de banco dizendo ter HIV e acaba preso em Rondônia
Morador de rua intimida clientes de banco dizendo ter HIV e acaba preso em Rondônia
Foto: Reprodução

Por
Redação

Um morador de rua, que seria usuário de drogas, foi preso nesta quarta-feira, 1º de fevereiro, quando tentava intimidar clientes de um banco, exigindo dinheiro, em Porto Velho. Segundo a polícia, o suspeito dizia ser soro positivo, aludindo que poderia transmitir o vírus HIV a quem não lhe desse esmola.

O caso aconteceu dentro de uma agência bancária localizada na esquina da Avenida Jorge Teixeira com a Carlos Gomes, no Bairro Embratel, área Norte da capital.

O fato foi comunicado à PM pela administradora do banco. De acordo com a polícia, o morador de rua tem diversas feridas pelo corpo e insiste em dizer que é portador do vírus HIV.

De acordo com boletim de ocorrência, o suspeito estava no interior do banco, exigindo dinheiro dos clientes, usando como meio de intimidação a afirmação de que era portador de HIV.

Sem sucesso, ele teria tentado tomar a bolsa de uma cliente. O segurança do banco pediu para que o suspeito se retirar, mas ele começou a gritar com os funcionários, insultando-os com palavras de baixo calão.

Quando saiu da agência, o homem pegou uma pedra e atirou contra uma das vidraças do banco, quebrando-a. Testemunhas contaram que o suspeito é acostumado a usar a doença para intimidar quem passa perto dele na rua.

Disseram ainda que o suspeito é usuário de drogas e que costuma realizar pequenos furtos nos arredores da rodoviária de Porto Velho. A PM afirmou ainda que essa é a segunda vez que o suspeito é preso por assediar clientes do mesmo banco.

 

 

FONTE: G1

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.