Notícia publicada às 09:19:15 - 28/01/2017 e lida: 1564 vezes   
    
  
  
Mulher vai se casar com sem-teto que estava mexendo no seu lixo há 40 anos
O casal tem hoje quase 90 anos e vive em um asilo. Como um faz muita companhia para o outro, decidiram que vão se tornar marido e mulher.

Mulher vai se casar com sem-teto que estava mexendo no seu lixo há 40 anos
Mulher vai se casar com sem-teto que estava mexendo no seu lixo há 40 anos
Foto: Getty Images/iStockphoto

Por
Redação

Uma mulher vai se casar com o sem-teto que revirava as latas de lixo, há 40 anos, perto do sebo onde ela trabalhava em Gloucester, na Inglaterra. Joan Neininger nunca imaginou que Ken Selway, o homem que ela sentia pena e quem, por muitas vezes, alimentou, vai virar seu marido.

O casal tem hoje quase 90 anos e vive em um asilo. Como um faz muita companhia para o outro, decidiram que vão se tornar marido e mulher.

"Embora ele vivesse nas ruas, eu sempre soube que Ken era um homem amável com uma alma linda. Ele me assombrou como fantasma. A primeira vez que eu o vi revirando o lixo me partiu o coração", disse Joan ao jornal "The Guardian".

Na época casada, Joan sempre dava um jeito de arranjar um sanduíche para Ken. O sem-teto nasceu em Londres e cresceu no País de Gales, onde trabalhou como minerador. Depois que o homem que ele considerava como pai morreu, Ken se mudou para Gloucester e acabou ficando nas ruas.

Além de problemas financeiros, Ken também sempre lutou contra a esquizofrenia. A doença fez com que ele tivesse crises de delírio e, por isso, o sem-teto nunca se causou.

Pouco a pouco, Joan acabou se interessando pela história de Ken. A inglesa até escreveu um livro sobre o então amigo. No fim, ela, seu marido na época e Ken acabaram indo morar juntos.

"Me casei aos 16 anos com um homem maravilhoso, que foi um ótimo marido e pai. Como não tinha nada sexual entre eu e Ken, ele aceitou que meu amigo morasse com a gente. E, no fim, os dois viraram quase como irmãos. Era nosso pequeno paraíso", contou Joan.

Depois da morte do marido, Joan e Ken foram morar em um asilo e, agora, vão se casar.

"Quando conheci Joan, eu dormia nas ruas e queria me matar. Eu não estaria aqui se ela não tivesse me dado sanduíches quando eu não tinha teto. Ela é uma pessoa muito boa", afirmou Ken.

 

 

FONTE: Uol

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.