Notícia publicada às 15:41:04 - 23/12/2016 e lida: 2357 vezes   
    
  
  
Prefeita de Sapezal faz decreto entregando as chaves da cidade para Jesus Cristo
Na prática, o decreto da prefeita não influencia nos recursos do município nem na nova gestão.

Prefeita de Sapezal faz decreto entregando as chaves da cidade para Jesus Cristo
Prefeita de Sapezal faz decreto entregando as chaves da cidade para Jesus Cristo
Foto: Reprodução

Por
Redação

A prefeita do município de Sapezal no Mato Grosso, Ilma Grisoste Barbosa (PSD), assinou um decreto de entrega da chave da cidade para Jesus Cristo. A medida é um dos últimos atos da mulher como gestora do município, pois ela foi a candidata menos votada nas eleições para a prefeitura da cidade neste ano.

No decreto, assinado na última segunda-feira (19), Ilma afirma ter sido "designada por Deus" para ocupar o cargo de prefeita do município durante o período de janeiro de 2013 até o fim deste ano. Ela justifica que, por ter sido eleita pelo voto popular, tem o direito de decretar que a chave do município seja entregue a Deus. "Declaro que esta cidade pertence a Deus e que todos os setores da Prefeitura Municipal estarão sobre a cobertura do altíssimo", relata documento assinado pela prefeita de Sapezal.

Ilma ainda afirma que o município, agora "abençoado" pelo seu decreto, estará livre de todo o mal que poderia atingi-lo. "Declaro ainda, que todos os principados, potestades, governadores deste mundo tenebroso, e as forças espirituais do mal, nesta cidade, estarão sujeitas ao senhor Jesus Cristo de Nazaré", relata outro trecho do decreto.

A prefeita ainda cancela, "em nome de Jesus, todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidade espiritual".

Por fim, a prefeita decreta que sua determinação deve ser cumprida. “E a minha palavra é irrevogável!”, afirma Ilma ao finalizar o texto.

Na prática, o decreto da prefeita não influencia nos recursos do município nem na nova gestão. No entanto, o caso gerou repercussão em Sapezal. Os moradores não entenderam os motivos para que ela tivesse escrito a determinação. O assunto foi um dos temas mais comentados em redes sociais e em grupos de conversa de habitantes da cidade.

Funcionários da Câmara do município afirmaram que não sabiam o motivo para que Ilma tivesse assinado o decreto “abençoado”.

 

FONTE: Folhamax

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.