Notícia publicada às 17:33:33 - 23/11/2016 e lida: 941 vezes   
    
  
  
Coloradense conhece mulher pelo Facebook, cai em golpe e perde R$ 600
Mulher pediu valor para comprar passagem para conhecê-lo pessoalmente.
Caso foi registrado na delegacia de Colorado do Oeste como estelionato.

Coloradense conhece mulher pelo Facebook, cai em golpe e perde R$ 600
Coloradense conhece mulher pelo Facebook, cai em golpe e perde R$ 600
Foto: Ilustração

Por
Redação

Um homem de 34 anos registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil de Colorado do Oeste, na última segunda-feira (21), relatando ter caído em um golpe. Ele teria iniciado uma 'amizade virtual' pelo Facebook com uma pessoa que se identificou como uma mulher. Durante conversas na rede social, a 'amiga' teria pedido dinheiro a ele, que chegou a depositar R$ 600 em contas bancárias. Porém, desde então, não conseguiu mais contato com ela.

Conforme o registro policial, a pessoa dizia ser de Porto Velho. Depois de 30 dias conversando pela internet com o homem, ela fez uma proposta dizendo que poderia ir até Colorado para conhecê-lo pessoalmente, se ele fornecesse o dinheiro da passagem. A vítima aceitou e depositou R$ 150 na conta da suposta irmã dela.

No entanto, passado alguns dias, a 'amiga' pediu mais dinheiro alegando que o custo da viagem era maior do que imaginava. O homem acabou depositando mais R$ 250.

O mês de setembro chegou ao fim e a pessoa não embarcou para encontrar a vítima. Ao ser questionada, ela respondeu que não conseguiu comprar a passagem, porque o dinheiro que o 'amigo' tinha depositado na conta da irmã havia sido descontado pelo banco, pois a família era devedora.

Então, ela pediu novamente para que o homem depositasse mais R$ 200. Dessa vez na conta do suposto cunhado. Ele atendeu o pedido e no último dia 3 de novembro depositou o valor. Depois dessa data, a vítima tentou contato com a 'amiga' várias vezes, mas não obteve retorno.

"Sou divorciado, estava à procura de um relacionamento, e ela acabou aproveitando da minha carência. Quando disse que não havia dado certo [o depósito] porque a irmã devia no banco, já desconfiei, mas, como era pouco dinheiro, depositei para ver no que dava. Registrei o boletim de ocorrência para servir de alerta para outras pessoas", disse a vítima, que preferiu não se identificar, ao G1, na manhã desta terça-feira (22).

Nesta semana, o homem compareceu à Delegacia de Polícia Civil do município, onde o caso foi enquadrado como estelionato.

 

 

FONTE: G1/Vilhena

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.