Notícia publicada às 10:05:53 - 11/11/2016 e lida: 761 vezes   
    
  
  
Este novo sistema coreano de guard-rail poderá salvar milhões de vidas
Uma empresa coreana desenvolveu um produto para reduzir os impactos severos de guard-rails e salvar mais vidas.

Este novo sistema coreano de guard-rail poderá salvar milhões de vidas
Este novo sistema coreano de guard-rail poderá salvar milhões de vidas
Foto: Divulgação

Por
Redação

De acordo com a Federal Highway Administration, o guard-rail pode funcionar para levar o veículo sem controle de volta para a pista, ou diminuir a velocidade do mesmo até parar por completo, ou ainda dependendo da velocidade, o veículo pode passar direto pelo guard-rail.

”O tamanho e a velocidade do veículo pode afetar o desempenho do guard-rail.” Explica.

Geralmente, os guard-rails são compostos por chapas de aço e não podem garantir “a segurança do motorista”. Guard-rails mais suaves protegem os motoristas de choques e dão assim, mais oportunidade para salvar suas vidas.

Para minimizar o número de acidentes, a empresa chamada ETI (Evolution in Traffic Innovation) projetou  um “sistema de guard-rail com rolamento”.

Como é que funciona?

Os guard-rail com rolamentos absorvem a energia do impacto. Eles convertem essa energia de impacto em energia rotacional para a propulsão do veículo para a frente em vez de parar imediatamente o veículo .

O produto tem um tambor rotativo que tem o poder de absorção de choque, o mesmo vem com uma cobertura reflexiva que auxilia da visibilidade.

A nova barreira – feita em EVA, um material bem leve e flexível, que é feito a partir da utilização de uma espuma sintética –  tem uma melhor flexibilidade e elasticidade em comparação com outras resinas de polietileno e tem muitas características semelhantes à borracha. Na verdade, é mais leve do que a borracha e mais elástica do que uretano. Em suma, não é facilmente danificada.

 

 

FONTE: engenhariae.com

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.