Notícia publicada às 12:34:23 - 10/11/2016 e lida: 7612 vezes   
    
  
  
Servidores públicos ironizam e pedem libertação do prefeito Rover
Com cartazes em punho, os servidores pediram ironicamente para que o delegado liberte Rover, para assim receberem seus salários.

Servidores públicos ironizam e pedem libertação do prefeito Rover
Servidores públicos ironizam e pedem libertação do prefeito Rover
Foto: Reprodução

Por
Renato Spagnol

Mais de 700 servidores municipais da saúde estão com os salários atrasados.

Após recorrentes atrasos salariais no início do segundo semestre de 2016, a justiça já havia concedido liminar determinando que a prefeitura pagasse os salários até o 5º dia útil de cada mês, este prazo vencei na segunda-feira, 07. Ações foram movidas por Wanderley Ricardo Campos, presidente do Sindicato dos Servidores Municipais do Cone Sul de Rondônia.

Na manhã desta quinta-feira, 10 de novembro, a cidade amanheceu com a notícia da prisão do prefeito José Luiz Rover (PP). Após tomarem ciência dos acontecimentos, dois servidores lotados no Hospital Regional, fizeram publicações irônicas pedindo a libertação do prefeito.

Leia: Zé Rover administrava organização criminosa que desviou cerca de R$ 5 milhões

Com cartazes em punho, os servidores pediram ironicamente para que o delegado liberte Rover, para assim receberem seus salários.

Sr. Delegado Federal, solta o prefeito por favor – quero meu pagamento. Após assinatura, prenda ele urgente – Sr. Delegado da PF. Por favor solte o meu Zé! Preciso receber meu pagamento que já está atrasado. Grato”. Diz os cartazes (foto) empunhados pelo enfermeiro Caio Mendes e pelo servidor identificado apenas como Osvaldo.

 

Pautas trancadas na Câmara

Ocorre que, com o recente afastamento de 7 dos 10 vereadores de Vilhena, a Câmara Municipal passou a não ter quórum suficiente para votar os projetos. O quórum é a presença de mais da metade dos vereadores na sessão, já que o presidente da Câmara só vota em caso de empate.

Desde o dia 1º de novembro, foram realizadas duas sessões ordinárias e duas extraordinárias para se tentar votar os projetos de remanejamento de orçamento, para garantir o pagamento dos salários dos servidores, mas por falta de quórum os projetos estão parados.

Às 10h00 desta quinta-feira, 10, dois suplentes, Ernando Lucena e o pastor Francis Godoy foram empossados. Com isso, a Casa de Leis passa a ter 7 vereadores, além do presidente, aptos a votarem.

O presidente da Câmara, Célio Batista já convocou para às 09h00 desta sexta-feira, 11, uma sessão extraordinária para colocar a pauta em dia e votar os projetos de remanejamento para garantir o pagamento dos servidores públicos.

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.