Notícia publicada às 09:47:00 - 10/11/2016 e lida: 8519 vezes   
    
  
  
Célio Batista é o novo prefeito de Vilhena
Vereador assume como chefe do Executivo na próxima semana.

Célio Batista é o novo prefeito de Vilhena
Célio Batista é o novo prefeito de Vilhena
Foto: Renato Spagnol

Por
Renato Spagnol

O vereador Célio Batista (PP) será empossado como novo prefeito de Vilhena. A escalada de Batista teve início quando a Operação ‘Tropa de Choque’ da Polícia Federal – PF em parceria com o Ministério Público Estadual – MPE, levou ao indiciamento e afastamento das funções públicas de sete dos vereadores da Câmara Municipal, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Cinco encontram-se presos e dois foragidos.

ELEITO PRESIDENTE DA CÂMARA

O ex-presidente da Câmara Junior Donadon renunciou ao cargo após ser preso pela Polícia Federal na Operação ‘Tropa de Choque’. Com isso, foi realizada no dia 1º de novembro uma nova eleição para presidência da Casa.

Por unanimidade, Célio Batista foi eleito presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Vilhena. 

Leia: Célio Batista é eleito presidente da Câmara de Vereadores de Vilhena

PRISÃO DE ROVER

A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público do Estado, deflagrou na manhã desta quinta-feira, 10 de novembro, a Operação ‘Áugias’, com o objetivo de desarticular esquema de propina e lavagem de dinheiro no município de Vilhena e região. A operação resultou na prisão de José Luiz Rover (PP) e no afastamento dele das funções públicas de prefeito.

Leia: Prefeito José Luiz Rover tem prisão preventiva decretada em operação da Polícia Federal

Na linha sucessória para comandar a prefeitura em caso de afastamento do prefeito, estava Jacier Rosa Dias (PSC), vice-prefeito, mas ele foi preso na Operação ‘Tropa de Choque’, no dia 02 de novembro, e se encontra na Casa de Detenção. Ele também foi afastado de suas funções pela justiça.

Leia: Vice-prefeito Jacier Dias e vereador Marcos Cabeludo são presos pela Polícia Federal

CÉLIO BATISTA ASSUME PREFEITURA

Seguindo a linha sucessória em caso de afastamento do prefeito e vice-prefeito, assume o comando do Executivo, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores.

Célio Batista deverá assumir o cargo de prefeito na próxima semana, em virtude do Ponto Facultativo de segunda-feira, 14 e do feriado de terça, 15 de novembro.

 

Confira a nota enviada pela assessoria de comunicação da Câmara de Vilhena:

A assessoria jurídica da Câmara de Vereadores confirmou o pedido da justiça, do afastamento imediato das funções públicas de Zé Rover (PP), prefeito de Vilhena.

Rover foi preso na manhã desta quinta-feira, 10, por agentes da Polícia Federal, acusado de crimes administrativos.

No lugar dele, vai assumir Célio Batista (PP), atual presidente da Câmara Municipal. A posse deve acontecer na próxima semana em função do ponto facultativo na segunda-feira, 14, e o feriado nacional de terça-feira, 15. Assim as atividades do Legislativo só retornam na quarta-feira, 16.

Após ter conhecimento do afastamento do prefeito, Célio Batista diz que recebeu a informação com muita surpresa. “Não esperava, mas a pessoa, quando está na vida pública, tem que estar preparado para tudo. Na prefeitura farei a minha parte com responsabilidade”, enfatizou o vereador.

Por orientação das assessorias jurídica e legislativa, Célio só deve tomar posse oficialmente após a aprovação de projetos importantes parados na Casa de Leis devido à falta de quórum, o que deve acontecer no final da próxima semana.

 

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.