Notícia publicada às 08:15:15 - 25/10/2016 e lida: 9637 vezes   
    
  
  
Advogado de Junior Donadon está suspenso da OAB do MT e já foi preso pela Polinter acusado de falsificação
Apesar de suspenso da OAB de MT, o advogado está inscrito e regular na seccional da OAB de Santa Catarina.

Advogado de Junior Donadon está suspenso da OAB do MT e já foi preso pela Polinter acusado de falsificação
Advogado de Junior Donadon está suspenso da OAB do MT e já foi preso pela Polinter acusado de falsificação
Foto: Divulgação

Por
Kanitar Oberst

O presidente da Câmara de Vereadores, Junior Donadon (PSD), que foi preso pela Polícia Federal nesta segunda-feira, 24 de outubro, por ser acusado de participação em um esquema que teria extorquido terrenos de empresários do ramo imobiliário de Vilhena, que tinham interesse em liberar loteamentos na cidade. Donadon contratou o advogado, Jatabairu Francisco Nunes, tem seu escritório no Mato Grosso, na cidade Várzea Grande, porém está com sua OAB suspensa na seccional daquele estado. Contudo, o jurisconsulto muito conhecido em Cuiabá por seu excelente trabalho tem uma carteira suplementar da OAB no estado de Santa Catarina.

Porém, o surpreendente é que o advogado do presidente da Câmara de Vilhena, já foi preso pela Polinter acusado de falsificação, formação de quadrilha e esbulho possessório (invasão de terras). O caso aconteceu nos idos de 2003 no Mato Grosso nas cidades de Poconé, Diamantino, quando a Polícia Interestadual (POLINTER) que investigava casos de falsificações de documentos para fins de esbulho possessório em algumas cidades do Mato Grosso.  

O advogado, Jatabairu Francisco Nunes, foi acusado e indiciado na época por ter obtido de forma fraudulenta uma procuração no cartório de Poconé e que foi utilizada para fazer a escritura de um imóvel na cidade de Jangada.

Jatabairu ainda respondeu criminalmente por outra falsificação que teria sido realizada em 1999, a qual a condenação foi dada apenas em 2015, o que ensejou o pedido de prescrição da pena, que foi concedida pela justiça do Mato Grosso.

Segundo reportagem do Diário de Cuiabá, na época o advogado Jatabairu Francisco Nunes já tinha contra si três processos: dois por receptação culposa, na 2 ª 4ª Vara Criminal e a um por estelionato na 2ª Vara Criminal. O jornal publicou uma grande reportagem sobre o caso em 2003.  

Atualmente o advogado é um dos mais conceituados do Mato Grosso e continua atuando na área de possessório e criminal, além de outras áreas do Direito.

 

CONFIRA A MATÉRIA SOBRE O CASO DO DIÁRIO DE CUIABÁ EM 2003: 

Advogado de Junior Donadon está suspenso da OAB do MT e já foi preso pela Polinter acusado de falsificação

No cadastro Nacional de Advogados, Jatabairu consta como suspenso da seccional do MT. No entanto, o advogado está ativo na seccional de SC.

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.