Notícia publicada às 12:58:22 - 06/10/2016 e lida: 1635 vezes   
    
  
  
Peão de fazenda é encontrado morto em seu quarto na cidade de Chupinguaia
As informações são de ele morava sozinho e trabalhava em diversas fazendas da região.

Peão de fazenda é encontrado morto em seu quarto na cidade de Chupinguaia
Peão de fazenda é encontrado morto em seu quarto na cidade de Chupinguaia
Foto: Reprodução Whatsapp

Por
Redação

Nesta quinta-feira, 06 de setembro, o corpo de um peão foi encontrado em Chupinguaia com um disparo de espingarda na região do pescoço. Segundo informações, ele é conhecido como “Raimundinho” e a família não mora na cidade.

“Raimundinho” trabalhava em fazendas da região como peão e hoje pela manhã foi encontrado morto e próximo onde ele caiu havia uma espingarda que pode ter sido a utilizada para realizar o disparo.

O homem residia em um quarto de aluguel em um sobrado que funciona como pousada, no centro de Chupinguaia e foi encontrado pela dona do estabelecimento, que contou ter ouvido o tiro e ao chegar no quarto encontrou o corpo. O disparo foi ouvido por volta das 8h00 da manhã, segundo a proprietária do local e assim que chegou e visualizou o corpo, ficou em choque e logo acionou a polícia para dar conta dos procedimentos necessários.

Assim que a Polícia Militar chegou ao local, aárea foi isolada até a chegada da polícia Técnico-Científica e o corpo foi encaminhado para Vilhena. Alguns conhecidos dizem que o homem estava sofrendo de depressão, o que pode ter gerado um possível suicídio, mas essa informação ainda não foi confirmada. 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.