Notícia publicada às 10:22:19 - 10/10/2016 e lida: 7929 vezes   
    
  
  
Vilhenense fala sobre momentos de terror em acidente com ônibus da Eucatur
Um vilhenense contou por telefone os momentos de tensão que viveu no momento do acidente.

Vilhenense fala sobre momentos de terror em acidente com ônibus da Eucatur
Vilhenense fala sobre momentos de terror em acidente com ônibus da Eucatur
Foto: Rafael Nunes Reis

Por
Thalita Defacci

Rafael Nunes Reis é assistente social na cidade e contou a reportagem do VILHENA NOTÍCIAS como aconteceu o acidente do dia 30 se setembro que deixou várias pessoas feridas, em pânico e desoladas sem saber o que provocou o tombamento do veículo em uma ribanceira.

O ônibus havia saído da cidade de Porto Velho e um pouco antes de chegar na cidade de Jaru, na sexta-feira, 05h00 os passageiros estavam dormindo e acordaram assustados com o ônibus balançando muito, momento em que começaram a gritar. No ônibus estavam crianças, idosos, e cerca de três pessoas foram encaminhadas ao Hospital de Pronto Socorro, entre uma delas, uma mulher que estava com muitos ferimentos na cabeça.

“Após o ônibus tombar, nós tivemos que quebrar o vidro e ir pulando. Estava começando clarear o dia e nós saímos pra pedir ajuda porque as pessoas não paravam... Levou uns 40, 50min pro socorro chegar. Primeiro foi a Polícia o bombeiro demorou ali uma hora pra chegar e cerca de duas horas depois, já era 7h00 da manhã e aí que nós conseguimos ir pra rodoviária, foi bem assustador mesmo”, contou Rafael.

Além de Rafael, ele conta que ao lado dele havia uma passageira que também é de Vilhena, e estava junto com um cachorro. Ele conta que no momento do acidente o animalzinho amorteceu a queda e salvou a vida da dona. Os dois estão bem.

Rafael disse como é a sensação de passar por um acidente, sem saber o que poderia ter acontecido: “É horrível porque tá todo mundo dormindo e sem saber o que estava acontecendo. E estava escuro! Você não sabe se tá caindo em um rio, se bateu, enfim essa que é a sensação. Eu estava ao lado do motorista na janela, a mulher que tava do meu lado ficou pendurada! Eu bati e fui parar do outro lado em cima de um homem, ele dizia ‘pode levantar’ eu falei ‘levantar onde?’ porque a gente não tinha noção que o ônibus tava virado já. E assim a gente fica meio bobo porque você tá dormindo e a sensação é horrível.”   

Após o ônibus tombar, as pessoas foram se ajudando e aos poucos todos conseguiram sair do veículo. A cena era desolante, pessoas chorando desesperadas, crianças chorando sem entender nada. Além dos ferimentos, muitos objetos acabaram sendo extraviados. Malas, roupas, eletrônicos e pertences das vítimas estavam perdidos em meio a confusão.

O vilhenense passou por recuperação após uma luxação que teve no ombro, devido a pancada forte que ocorreu em meio o acidente. Diz que apesar da situação de medo, tudo terminou bem.

Relembre a matéria: Ônibus da Eucatur tomba e vilhenenses ficam feridos

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.