Notícia publicada às 09:23:12 - 26/09/2016 e lida: 1294 vezes   
    
  
  
Homem assassinado no aeroporto de Porto Velho era foragido da justiça e usava documento falso
Há três semanas, filho dele foi morto em chacina em Ariquemes com mais dois colegas.

Homem assassinado no aeroporto de Porto Velho era foragido da justiça e usava documento falso
Homem assassinado no aeroporto de Porto Velho era foragido da justiça e usava documento falso
Foto: Reprodução

Por
Redação

O homem assassinado na tarde de sexta-feira, 23 de setembro, na área de embarque e desembarque do aeroporto Internacional Jorge Teixeira, em Porto Velho, foi identificado. Trata-se de Carlos Josuel Batista dos Santos, de 44 anos, foragido da justiça de Goiás desde junho de 2014, onde cumpria pena por homicídio. Ele fugiu do presídio estadual.

Ao ser morto a tiros de pistola 9 milímetros no interior de uma caminhonete com placas de Ariquemes, Josuel usava uma identidade falsa com o nome de José Carlos Francisco dos Santos.

Josuel foi assassinado quando aguardava a filha que chegava de viagem. Os assassinos fugiram para o outro lado do rio Madeira, onde incendiaram o carro usado no crime. A polícia encontrou a arma (uma pistola) e uma camisa que seria de um dos criminosos.

TRIPLO HOMICÍDIO

Há três semanas um filho de Josuel foi assassinado com mais dois colegas no setor 9 da cidade de Ariquemes. Os executores estavam em uma moto.

 

Leia também:

Fazendeiro é morto em frente ao aeroporto de Porto Velho

 

 

FONTE: Tudorondonia

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.