EcoMassa


      Notícia publicada às 16:01:54 - 18/09/2016 e lida: 540 vezes   
    
  
  
Período de vazio sanitário chega ao fim e produtores de soja já podem iniciar produção
O vazio sanitário da soja é uma medida importante para evitar a propagação da ferrugem asiática da soja.

Período de vazio sanitário chega ao fim e produtores de soja já podem iniciar produção
Período de vazio sanitário chega ao fim e produtores de soja já podem iniciar produção
Foto: Reprodução

Por
Redação

Com o fim do vazio sanitário da soja no estado, ocorrido entre 15 de junho e 15 de setembro, produtores de soja já estão autorizados a iniciarem o plantio do grão da safra 2016/2017. De acordo com a Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), a expectativa é que a área de plantio de soja atinja 300 mil hectares.

Ainda de acordo com a Idaron, os produtores devem cadastrar as áreas produtoras de soja até 30 de dezembro. O cadastro, que é obrigatório, é realizado uma vez por ano e tem o objetivo de atualizar os dados dos agricultores e das áreas de produção. Ele pode ser feito pelo site da Agência (www.idaron.ro.gov.br) ou em uma Unidade de atendimento.

A Agência alerta os produtores de soja de que estão sujeitos às sanções caso não realizem o cadastro. “Os dados subsidiam a fiscalização durante o período do vazio sanitário da soja e a aplicação das medidas fitossanitárias de controle da ferrugem asiática. Quem não atualizar as informações ou não fizer o cadastro poderá ser multado e sofrer outras penalidades”, informa a gerente de Defesa Vegetal da Idaron, Rachel Barbosa.

O presidente da Idaron, Anselmo de Jesus, ressalta a importância do cadastro das áreas produtoras de soja para a formulação de políticas públicas e de defesa sanitária. “A soja é um dos produtos mais exportados pelo Estado. Precisamos controlar as pragas que atacam a produção para que os produtores não tenham prejuízos”.

A soja ocupa a segunda posição entre os produtos mais exportados pelo Estado, ficando na primeira posição entre os meses de maio e julho deste ano. Até o final de agosto, 39% das exportações rondonienses foram do grão. Nesse período, Rondônia exportou 762.269.439 mil quilos de soja, gerando US$ 274.972.158.

Segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado esse mês, Rondônia produziu 765 mil toneladas de soja na safra 2015/2016, representando um aumento de 4,4% em relação à safra 2014/2015. No país, foram produzidos 95.434,6 mil toneladas do grão, tendo um aumento de 0,8% em relação à safra anterior.

VAZIO SANITÁRIO DA SOJA

O vazio sanitário da soja é uma medida importante para evitar a propagação da ferrugem asiática da soja, diminuindo o risco de perda do produto e o uso de agrotóxicos. No país, quase todos os estados produtores de soja adotam a ação.

O período adotado pelos estados é variável de acordo com as condições climáticas de cada um. Além de Rondônia, no Mato Grosso, no Mato Grosso do Sul, no Paraná e em São Paulo o período do vazio sanitário ocorre entre junho e setembro, sendo recomendável iniciar o plantio da soja logo após o término dele.

 

 

FONTE: Secom

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.