EcoMassa


      Notícia publicada às 08:19:30 - 01/08/2016 e lida: 258 vezes   
    
  
  
MP/RO entrega nova sede da Promotoria de Justiça de Colorado do Oeste no dia 9 de agosto
A obra, executada em pouco mais de um ano, foi projetada para oferecer ainda mais conforto aos cidadãos que buscam atendimento no Ministério Público e também aos seus Membros e servidores.

MP/RO entrega nova sede da Promotoria de Justiça de Colorado do Oeste no dia 9 de agosto
MP/RO entrega nova sede da Promotoria de Justiça de Colorado do Oeste no dia 9 de agosto
Foto: Divulgação

Por
Redação

O Ministério Público do Estado de Rondônia entrega no dia 9 de agosto, às 17 horas, a nova sede da Promotoria de Justiça de Colorado do Oeste, com objetivo de garantir um melhor atendimento aos cidadãos da Comarca. O prédio fica localizado na Avenida Paulo de Assis Ribeiro, lote nº 37, quadra 1, setor A principal via da cidade, e tem uma área construída de 812,56 m².

A nova Promotoria conta com auditório com cerca de 90 lugares; recepção e sala para atendimento individual; sala de triagem; banheiros adaptados para pessoas com deficiência; cartório; sala técnica; duas salas para assessores jurídicos; sala de reunião/audiências; sala para oficial de diligência; copa; área de serviço; depósito; duas salas de arquivo; banheiros sociais; sala de apoio e três salas para Promotores de Justiça.

A obra foi orçada em R$ 1.961.825,24. Os projetos arquitetônico e de combate a incêndio foram elaborados pelo analista em Arquitetura Osires França Santos Filho; projeto estrutural do analista em Engenharia Civil Alan Corrêa de Abreu; projeto elétrico do analista em Engenharia Elétrica Gilberto Dias de Lima Júnior e projeto Hidrossanitário da engenheira civil Acácia Kathullin Canuto Lustoza.

A Promotoria de Justiça de Colorado do Oeste tem em seu quadro dois Promotores de Justiça Titulares e conta com sete servidores e dois estagiários de direito.

 

 

 

FONTE: Assessoria

ACESSE GANHE

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.