Notícia publicada às 22:26:02 - 26/05/2016 e lida: 2777 vezes   
    
  
  
Agentes penitenciários flagram mulher tentando entrar no presídio Cone Sul com drogas na vagina
Após as confissões, Sandra, ainda acompanhada pelas agentes, se dirigiu até o banheiro e retirou de sua vagina um preservativo contendo porções de maconha, crack e cocaína.

Agentes penitenciários flagram mulher tentando entrar no presídio Cone Sul com drogas na vagina
 Agentes penitenciários flagram mulher tentando entrar no presídio Cone Sul com drogas na vagina
Foto: Leir Freitas

Por
Redação

Mais um caso de mulher tentando transportar drogas em suas partes intimas para dentro do presídio Cone Sul de Vilhena, foi registrado na manhã desta quinta-feira, 26 de maio.

Segundo informações colhidas pela reportagem do VILHENA NOTÍCIAS, a diretoria do presídio teria recebido denúncia de que Sandra Valéria Lima Goes iria tentar transportar drogas em suas partes íntimas durante o horário de visitas.

Assim que foi identificada pelos agentes penitenciárias, a infratora foi conduzida a uma sala reservada, acompanhada por duas agentes, onde, após ser questionada se estava em posse de entorpecentes, a mesma revelou que sim, porém, não soube informar qual tipo de entorpecente estava transportando, alegando não ter conhecimento.

Ainda segundo relatos da infratora, a mesma estava apenas cumprindo ordens de seu esposo Anderson Renato de Souza, que cumpre pena na unidade e que por sua vez, estaria sendo obrigado a conseguir drogas, pelo também apenado, Sidnei Maurício.

Após as confissões, Sandra, ainda acompanhada pelas agentes, se dirigiu até o banheiro e retirou de sua vagina um preservativo contendo porções de maconha, crack e cocaína.

Diante dos fatos, a infratora foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o material apreendido, onde foi autuada pelo crime de tráfico de entorpecentes.

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.