Notícia publicada às 17:52:09 - 24/05/2016 e lida: 5459 vezes   
    
  
  
EUCATUR emite nota de esclarecimento sobre morte de passageiro dentro de ônibus
Idoso sofreu infarto.

EUCATUR emite nota de esclarecimento sobre morte de passageiro dentro de ônibus
EUCATUR emite nota de esclarecimento sobre morte de passageiro dentro de ônibus
Foto: Reprodução

Por
Renato Spagnol

O triste episódio foi constatado por volta 5h00 de segunda-feira, (23), no Terminal Rodoviário de Jaru. O aposentado Lazaro Honório Dias de 83 anos, morreu subitamente dentro de um ônibus da empresa Eucatur, durante itinerário Hortolândia/SP a Machadinho do Oeste/RO. A descoberta de seu óbito aconteceu no momento em que o ônibus realizou uma parada em Jaru. Sua esposa que o acompanhava, Dona Lauri P. D., 73 anos, observou que ele não se movia e pediu ajuda, foi quando um funcionário da empresa de ônibus, juntamente com um passageiro retirou seu corpo do coletivo, e deixou no chão da rodoviária interestadual, para que o veículo seguisse viagem.

Nesta terça-feira, 24 de maio, a empresa Eucatur contactou a redação do VILHENA NOTÍCIAS para solicitar a veiculação de uma nota de esclarecimento acerca do caso.

 

Confira a íntegra da nota

“NOTA DE ESCLARECIMENTOS Ji-Paraná, RO, 24 de maio de 2016.

A Eucatur – Empresa União Cascavel de Transportes e Turismo vem a público esclarecer a situação fatídica ocorrida no dia 23 de Maio de 2016, no qual houve o falecimento de um cliente que viajava de São Paulo à Jaru.

1. A Eucatur lamenta o ocorrido e se solidariza com a família em luto.

2. O passageiro que veio à óbito foi retirado pelos passageiros do veículo, de modo que o agente de plantão que estava retirando as bagagens viu a situação e auxiliou os passageiros.

3. Os primeiros socorros logo após o passageiro ser retirado foi realizado por uma socorrista que estava presente no terminal rodoviário que constatou que o mesmo já não apresentava sinais vitais, onde o motorista do veículo ligou para uma guarnição do Corpo de Bombeiros vir realizar o atendimento. A chamada foi realizada às 04h:45min, chegando ao local às 04h51min, onde o atendimento foi finalizado às 05h:15min.

4. Conforme o Registro de Atividades de Bombeiros nº 48548 a guarnição identificou que o passageiro já não apresentava sinais vitais contatando a Perícia Técnica, informando que neste caso de morte natural sua presença não era necessária, entrando em contato com a funerária de plantão.

5. O veículo, que possui tempo de parada na rodoviária de 10 minutos conforme programação de viagem permaneceu no local até às 05h:05min, permanecendo assim 30 minutos no local, de modo que foi liberado para seguir viagem normalmente, tendo em vista que o corpo foi retirado do veículo pelos passageiros e o atendimento pelo corpo de bombeiros já teria sido realizado.

6. Entramos em contato com a funerária de plantão que informou chegar ao local para a remoção do corpo às 05h:15, logo após a saída da guarnição do corpo de bombeiros realizando assim os procedimentos de praxe, ficando o corpo no terminal rodoviário durante 40 minutos, que foi o tempo dos primeiros socorros, do atendimento do Corpo de Bombeiros e da remoção pela funerária de plantão.

7. Durante a viagem, conforme relatado pelo motorista que conduzia o veículo não houve nenhuma intercorrência, sendo constatado apenas em Jaru pela esposa e demais passageiros que o passageiro não acordava, sendo retirado do veículo pelos mesmos.

8. Nossos motoristas e agentes são treinados de modo que procedimento padrão adotado pela empresa para casos como o ocorrido é de não retirar o passageiro do veículo até que o socorro chegue e tome as providências devidas.  A EUCATUR lamenta o ocorrido e se coloca à disposição para maiores esclarecimentos.”

Atenciosamente Assessoria de Comunicação Ji-Paraná/RO

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.