Notícia publicada às 11:46:24 - 23/05/2016 e lida: 2994 vezes   
    
  
  
Polícia Militar atende ocorrência de agressão familiar e acaba prendendo traficante
A droga foi encontrada dentro da lixeira da cozinha.

Polícia Militar atende ocorrência de agressão familiar e acaba prendendo traficante
Polícia Militar atende ocorrência de agressão familiar e acaba prendendo traficante
Foto: VILHENA NOTÍCIAS

Por
Redação

A prisão foi realizada na madrugada desta segunda-feira, 23 de maio, por volta das 01h15, quando uma guarnição da Polícia Militar que ao se deslocar até a rua V6, localizada no bairro Cohab, para atender um caso de violência doméstica, acabou sendo informada pelo suposto agressor (esposo), que antes de discutir com a vítima (esposa), teria presenciado o momento em que ela encomendou por telefone, R$ 50 reais em drogas com um traficante conhecido como vulgo “Lobão” e que após a discussão, a mesma teria saído para buscar a droga em uma residência localizada na rua 8003, localizada no residencial Alvorada

Diante dos relatos do suposto agressor, a radiopatrulha com o apoio da Força Tática se deslocou até o endereço citado, porém, a vítima já não se encontrava mais no local.

Ainda na residência, os militares fizeram contato com Ermison Algusto da Luz, vulgo “Lobão” de 49 anos, que permitiu que os mesmo realizassem uma revista na casa, onde foi encontrado dentro da lixeira da cozinha, um embrulho plástico contendo 313 gramas de maconha.

Segundo “Lobão”, ele teria comprado a droga de um caminhoneiro que reside em Campo Grande/MS. Na residência também foram encontradas diversas folhas de cheque e uma ampola de cloridrato de lidocaína.

Diante dos fatos, “Lobão” recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e foi apresentado à Delegacia de Polícia Civil para o registro da ocorrência.

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.