Notícia publicada às 13:53:58 - 12/05/2016 e lida: 3921 vezes   
    
  
  
Ação da Polícia Federal pode ter prejudicado advogado vilhenense detido nesta quinta
Advogado foi contratado por outro advogado para receber precatório em Vilhena.

Ação da Polícia Federal pode ter prejudicado advogado vilhenense detido nesta quinta
Ação da Polícia Federal pode ter prejudicado advogado vilhenense detido nesta quinta
Foto: Reprodução

Por
Kanitar Oberst

Na manhã desta, quinta-feira, 12 de maio, o advogado Wilson Negri foi detido pela Polícia Federal em sua residência, após denúncia de envolvimento no recebimento de precatórios fraudulentos de Requisições de Pequeno Valor, que são valores referentes a ações ganhas na Justiça Federal, geralmente relativos a processos ganhos contra o INSS. 

De acordo com informações obtidas pelo VILHENA NOTÍCIAS, o advogado vilhenense foi contratado por outro advogado do Nordeste, cujo o nome não foi declarado, que teria enviado procurações de pessoas que teriam ganho estas ações na Justiça Federal, atribuindo ao advogado vilhenense fizesse saques na agência da Caixa Econômica de Vilhena. 

Negri alegou que fez um contrato de prestação de serviço com pagamento de honorários registrado em cartório, além de ter toda documentação necessária para realizar a movimentação e o recebimento, o que teria ocorrido por cinco oportunidades.

A Polícia Federal não deu detalhes oficiais do caso. 

A ação da Polícia Federal nesta manhã pode ter prejudicado a imagem do advogado, que teria sido ouvido só após ser detido. O vilhenense teria explicado, em depoimento, que foi apenas contratado e teria toda a documentação de prestação de serviços, e que até então não tinha como saber que as procurações eram fraudadas pelo outro advogado do Nordeste.  

Além de ser detido preventivamente, o escritório do advogado foi alvo de busca e apreensão de documentos por parte da Polícia Federal. 

Após o depoimento, o advogado entrou com pedido de revogação da prisão na Justiça Federal de Vilhena, visto que não haveria envolvimento de má-fé dele no esquema. A decisão deve sair ainda nesta tarde.

A ação da Polícia Federal pode causar repercussão negativa, já que o advogado não teria tido o seu direito de prestar esclarecimentos, antes da ação desta manhã, disseram fontes ao VILHENA NOTÍCIAS.  

 

 

FONTE: Vilhena Notícias

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.