Notícia publicada às 08:16:08 - 28/04/2016 e lida: 5351 vezes   
    
  
  
Bombeiros salvam bebê de 2 meses após broncoaspiração
Quando os militares chegaram à residência de Miguel, o mesmo já se encontrava desfalecido e com semblante arroxeado.

Bombeiros salvam bebê de 2 meses após broncoaspiração
Bombeiros salvam bebê de 2 meses após broncoaspiração
Foto: VILHENA NOTÍCIAS

Por
Leir Freitas

O fato ocorreu no fim da tarde desta quarta-feira, por volta das 17h15, em uma residência localizada na linha 3, setor chacareiro de Vilhena, quando os Bombeiros Militares Sub Tenente Eron e Soldado Raul, salvaram um bebê de apenas dois meses de morte por asfixia.

Segundo informações, o bebê Miguel Santos Costa, broncoaspirou durante o aleitamento e o quadro acabou evoluindo para uma parada respiratória.

Enquanto uma unidade de resgate se deslocava até o endereço acima citado, o bombeiro Cabo Ademir, orientava os pais do bebê sobre como deviam proceder, porém, não obtiveram êxito.

Quando os militares chegaram à residência de Miguel, o mesmo já se encontrava desfalecido e com semblante arroxeado, mas os militares agiram com eficiência e após realizarem os procedimentos adequados ao caso, reanimaram o bebê e o conduziram até a emergência do hospital regional para receber atendimento médico especializado.

As últimas informações são de que Miguel se encontra na unidade hospitalar ainda em observação, mas seu quadro é estável.

Bombeiros salvam bebê de 2 meses após broncoaspiração

Bombeiros salvam bebê de 2 meses após broncoaspiração

Bombeiros salvam bebê de 2 meses após broncoaspiração

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.