Notícia publicada às 22:43:56 - 22/04/2016 e lida: 10298 vezes   
    
  
  
Policiais Militares salvam bebê de 7 meses de morte por asfixia
“Quando o pai entrou a bebê desfalecida em meus braços, meu coração disparou, mas graças a Deus, a pequena Ana Clara está bem, e nós, com um sentimento maravilhoso de poder mais uma vez fazer o bem a alguém.”

Policiais Militares salvam bebê de 7 meses de morte por asfixia
Policiais Militares salvam bebê de 7 meses de morte por asfixia
Foto: VILHENA NOTÍCIAS

Por
Leir Freitas

O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira, 22 de abril, na rua Tupi localizada no bairro Cruzeiro, no município de Colorado do Oeste, quando os militares sargento Elaine Melo e soldado Valdney da Silva Ferreira, que realizavam patrulhamento de rotina, salvaram uma bebê de apenas 7 meses de morrer asfixiada, ao realizarem os procedimentos de primeiros socorros adequados.

Segundo os militares, os mesmos passavam em frente uma residência, quando avistaram um pequeno grupo de pessoas reunidas na varanda e no meio destes, estava um homem com uma criança deitada de bruços em um de seus braços.

De pronto, pararam a viatura e ao se aproximarem, perceberam que a bebê estava desfalecida e seu pai tentava reanimá-la. Quando avistou os policiais, o pai se dirigiu até eles e em um ato de desespero, entregou a menina aos militares, que ao ver que a vítima apresentava palidez e lábios arroxeados, iniciaram os procedimentos de primeiros socorros, que segundo eles, aprenderam no curso de formação. Um dos policiais deitou a vítima de bruços sobre o antebraço, inclinando sua cabeça para baixo e espalmando suas costas levemente.

Após insistentes repetições, perceberam que a vítima, aos poucos voltava a respirar e rapidamente a conduziram, juntamente com a mãe até o Hospital municipal, onde a médica de plantão, detectou obstruções na vias respiratórias da bebê, que ainda respirava com dificuldades, causadas por secreções nasais, .

Ainda segundo à médica, a atitude dos militares salvou a vida da menina, que após passar por procedimentos especializados, se recuperou por completo e não corre mais risco de morte.

“Quando o pai entregou a bebê desfalecida aos nossos cuidados, meu coração disparou, mas graças a Deus, a pequena está bem, e nós estamos com um sentimento maravilhoso de dever cumprido”, relatou a sargento Elaine Melo.

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.