Notícia publicada às 11:18:10 - 16/04/2016 e lida: 6390 vezes   
    
  
  
CEREJEIRAS: Campanha busca doador de medula para salvar menino
Vinicius Marques Rodrigues tem leucemia mielóide aguda.
Ação ocorre no dia 26 de abril, das 8h às 17h.

CEREJEIRAS: Campanha busca doador de medula para salvar menino
CEREJEIRAS: Campanha busca doador de medula para salvar menino
Foto: Reprodução

Por
Redação

A família de Vinicius Marques Rodrigues, de quatro anos, luta para salvar a vida do garoto que, há quase cinco meses, foi diagnosticado com leucemia mielóide aguda. Atualmente em Barretos (SP) por causa do tratamento de câncer, o morador de Cerejeiras, na região Cone Sul, procura um doador de medula óssea compatível. Para mobilizar a sociedade, no próximo dia 26, a família de Vinícius, junto com o Hemocentro de Vilhena, irá promover um mutirão de cadastro de doadores de medula na cidade, com o intuito de ajudar a causa do menino e também aumentar o banco de dados do estado.

O pai Elismar Rodrigues explicou que dos seis meses que o médico deu para realizar o transplante em Vinícius, já se passaram quase cinco. "Não é que ele vá morrer se ultrapassar esse prazo, mas o melhor é se fizessem a cirurgia enquanto a imunidade dele estiver alta, porque depois é mais complicado", disse.

Em novembro de 2015, Vinicius começou a reclamar de dores nas canelas e, dias depois, a família notou que o lado esquerdo da barriga do garoto estava inchado. "Quando deu febre alta, levamos ele para o hospital e pediram encaminhamento para Porto Velho e ele foi diagnosticado", relatou Elismar.
 A leucemia mielóide aguda é um tipo de doença rara no sangue. Desde a descoberta, a rotina da família mudou. A mãe e o filho agora moram em uma casa alugada na cidade de Barretos, onde Vinicius faz tratamento no Hospital de Câncer. O pai, a cada 20 dias, interrompe o trabalho em Cerejeiras e vai visitá-los. "Foi um baque para nós. A gente nunca imaginava isso, porque nunca ninguém da nossa família teve câncer antes", lamenta o pai.

Após a ida para Barretos, Vinicius nunca mais retornou para casa. A cada duas semanas, ele fica internado no hospital para fazer quimioterapia. A família pede para que a comunidade se sensibilize e ajude a salvar o menino.

Quem estiver interessado em se cadastrar como doador de medula óssea, basta procurar o Hemocentro de Vilhena, que fica na Av. Sábino Bezerra de Queirós, 13724. Em Cerejeiras, a campanha tem início dia 26 de abril, das 8h às 17h, na Igreja Presbiteriana do Brasil, localizada na Rua Rondônia,1453, e no Supermercado Alvorada, na Avenida Integração Nacional, 1441. Mais informações pelo telefone (69) 8417-4516.

Quem pode doar?

Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), qualquer pessoa entre 18 e 55 anos com boa saúde (sem doença infecciosa ou incapacitante) poderá doar medula óssea.

Os doadores preenchem um formulário com dados pessoais e é coletada uma amostra de sangue com 5ml para testes. Estes testes determinam as características genéticas que são necessárias para a compatibilidade entre o doador e o paciente.

Em caso de compatibilidade com um paciente, o doador é então chamado para exames complementares e realiza a doação. A medula é retirada do interior de ossos da bacia e se recompõe em apenas 15 dias.

 

 

FONTE: G1

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.