Notícia publicada às 11:56:02 - 03/04/2016 e lida: 2515 vezes   
    
  
  
Há quatro dias internada idosa de 82 anos abandona Hospital Regional por falta de médico
“É lamentável a situação da saúde pública da nossa cidade. Uma idosa de 82 anos, ter que passar por uma situação desta”, desabafou o neto.

Há quatro dias internada idosa de 82 anos abandona Hospital Regional por falta de médico
Há quatro dias internada idosa de 82 anos abandona Hospital Regional por falta de médico
Foto: Renato Spagnol

Por
Renato Spagnol

A história de Maria de Castro, de 82 anos, não se resume a um fato isolado que denota o caos que se instalou na saúde pública do município de Vilhena. Internada desde a última quinta-feira, 31 de março, a idosa com problemas cardíacos abandonou a internação do Hospital Regional Adamastor Teixeira de Oliveira de Vilhena, na manhã deste domingo, 03 de abril, por falta de médico na unidade hospitalar.

Eder Pulquerio, neto da idosa, entrou em contato com a reportagem do VILHENA NOTÍCIAS para denunciar o caso. “Minha avó deu entrada na quinta-feira [31]. Ela reside com meus pais na cidade de Cerejeiras, mas faz acompanhamento com um médico cardiologista de Vilhena. Na última visita ao consultório particular do doutor, ele viu a necessidade de recomendar a internação dela. Nós seguimos a orientação, mas o problema é que após quatro dias internada, nenhum médico cardiologista do hospital passou para visita-la”, falou Pulquerio.

O neto ainda relatou à reportagem, que durante a internação, um médico que atende na UTI – Unidade de Terapia Intensiva do hospital, e que é seu amigo, passou no leito da idosa a pedido da família apenas para avaliar o estado de saúde de Maria. Após uma breve consulta, o doutor diagnosticou que a idosa apresentava um quadro acentuado de anemia e receitou a transfusão de uma bolsa de sangue.

A situação de Maria de Castro tomou novos rumos de sábado para domingo, quando familiares da idosa disseram à enfermeira chefe, Renata Rodrigues, que retirariam a paciente do hospital por falta de atendimento médico. Já na manhã de hoje, o diretor do hospital, Faiçal Ibrahim Akkari foi chamado para tentar solucionar o problema, mas familiares e direção não chegaram a um consenso.

Edna Maria Pulquerio, filha da idosa, acusa a direção do hospital de ter faltado com a verdade desde quinta-feira, quando a idosa passou pelo Pronto Socorro e foi encaminhada à internação. “Eu entendo que o SUS [Sistema Único de Saúde] passa por momentos difíceis, mas não aceito mentiras. Desde quinta eles dizem que o médico cardiologista vai passar, mas isso não aconteceu até agora”, desabafou a filha.

Um fato ocorrido na sexta-feira, 1°, causou ainda mais revolta ao neto da paciente. “Na sexta quando eu fui falar com o diretor, ele me apresentou uns documentos dizendo que o hospital havia contratado uma médica e que ela atenderia a minha avó ainda naquele dia. Por ironia, eu conheço a médica que ele dizia ter contratado e por sorte a encontrei dentro do Regional, minutos depois de ter falado com ele [diretor]. Ela me confirmou que foi contratada, mas que estava no hospital apenas para conhecer a unidade e não para atender pacientes”, disse Pulquerio.

Na manhã de hoje, quando a família decidiu retirar a idosa do hospital, a filha de Maria de Castro procurou o diretor e o questionou sobre a informação inverídica de sexta. “Hoje de manhã eu questionei o diretor sobre a tal médica que tinha sido contratada e ele teve a capacidade de dizer que a médica só não atendeu a minha mãe porque estava sem jaleco naquele dia”, finalizou Edna.

A reportagem Eder Pulquerio desabafou: “É lamentável a situação da saúde pública da nossa cidade. Uma idosa de 82 anos, ter que passar por uma situação desta. Eu conversei com meus pais e para diminuir a dor da minha avó, decidimos levar ela para casa e amanhã na segunda-feira, iremos procurar outros meios para dar atendimento a ela”.

O site VILHENA NOTÍCIAS deixa o espaço aberto para que a direção do Hospital Regional possa se pronunciar.

Preocupados, familiares da idosa buscarão uma alternativa para dar atendimento à anciã.

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 



 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.