Notícia publicada às 08:34:28 - 01/01/2016 e lida: 5465 vezes   
    
  
  
Primeiro homicídio de 2016: assassino é preso a menos de duas quadras do local do crime
Testemunhas afirmaram ter visto “Polaquinho” cometer o crime e fugir do local.

Primeiro homicídio de 2016: assassino é preso a menos de duas quadras do local do crime
Primeiro homicídio de 2016: assassino é preso a menos de duas quadras do local do crime
Foto: Ilustrativa

Por
Leir Freitas

A primeira madrugada de 2016 foi marcada com sangue no calendário de Vilhena, pois já nas primeiras horas, por volta das 02h30, a Polícia Militar atendeu a um chamado na rua 1513 localizada no Jardim Primavera, setor 15, onde encontrou o corpo de um jovem morto com três facadas no peito, registrando assim, o primeiro homicídio do ano.

Segundo informações colhidas no local do crime, a denúncia teria partido da ex-esposa da vítima, que ao acionar a polícia e o Corpo de Bombeiros, afirmou que seu ex-marido havia sido assassinado por um suposto amigo enfrente sua residência.

A vítima foi Marcílio Alves de 32 anos, que já estava sem vida quando a unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e duas viaturas policiais chegaram ao local. Além das três facadas na região do peito, que foram fatais, a vítima também apresentava um corte na área do rosto.

A jovem ex-esposa relatou que a vítima e seu assassino, um rapaz que mais tarde foi identificado pela polícia como sendo, Claudemir do Nascimento Santos, vulgo “Polaquinho”, de 28 anos, chegaram juntos ao local, cada um em uma bicicleta, e neste momento o agressor desferiu quatro facadas contra Marcílio, sendo que três atingiram o peito da vítima, que morreu na hora.

Seguindo relatos de testemunhas que afirmaram ter visto “Polaquinho” cometer o crime e fugir do local, o Grupo de Operações Especiais-GOE e a Força Tática-FT, iniciaram as investigações, onde prenderam o acusado em pouco mais de uma hora após o crime.

“Polaquinho” foi localizado no bairro Cristo Rei, rua 1511, na casa de número 2087, a menos de duas quadras do local.

O assassino, que já estava dormindo, foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil juntamente com as roupas que o mesmo trajava no momento do crime e a faca utilizada para assassinar a vítima.

Os motivos que levaram Claudemir do Nascimento Santos a assassinar brutalmente Marcílio Alves, ainda são desconhecidos.

Primeiro homicídio de 2016: assassino é preso a menos de duas quadras do local do crime

Assassino sendo preso

Assassino sendo preso

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.