Notícia publicada às 12:53:14 - 27/04/2015 e lida: 1899 vezes   
    
  
  
Juiz decreta prisão preventiva do suspeito de ter assassinado ex-professor do IFRO
O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Vara de Execuções Criminais da Comarca de Vilhena.

Juiz decreta prisão preventiva do suspeito de ter assassinado ex-professor do IFRO
Juiz decreta prisão preventiva do suspeito de ter assassinado ex-professor do IFRO
Foto: Divulgação

Por
Renato Spagnol

Está sendo procurado pela polícia, o jovem André Pedro Holanda Silva, de 20 anos. De acordo com a as autoridades, as investigações apontam ele como sendo o principal suspeito da morte do contador e professor Jeremias dos Santos, que foi encontrado morto no interior do seu apartamento, na última sexta-feira, 24, no bairro Jardim América, em Vilhena.

As investigações da polícia, apontam que André tinha um relacionamento homoafetivo com a vítima, o que pode caracterizar um crime passional. Mas, a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte) ainda não está descartada.

Segundo a polícia, o assassino após cometer o crime, teria subtraído alguns pertences da vítima, talvez para caracterizar um roubo. Após o homicídio, André teria seguido para Porto Velho, com o automóvel da vítima, um Fiat Punto de cor branca, que foi localizado abandonado neste sábado, 25, nas proximidades do Hospital CEMETRON, na capital.

Com base em fortes indícios, o delegado que investiga o caso, solicitou junto a justiça o mandado de prisão preventiva do suspeito André Pedro Holanda Silva. Neste domingo, 26 de abril, o juiz plantonista aceitou o pedido e expediu através da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Vilhena, o mandado de prisão preventiva do suspeito. Ele está sendo procurado.


RELEMBRE AQUI: Ex-professor do IFRO é assassinado dentro de sua residência em Vilhena

Ex-professor do IFRO encontrado morto é velado por parentes e amigos

 

 

FONTE: VILHENA NOTÍCIAS

 

 


 


 

 COMENTÁRIOS
 

ATENÇÃO: Comentários ofensivos e que façam a apologia a crimes serão ocultados. O internauta do VILHENA NOTÍCIAS que se sentir ofendido pode requerer a ocultação do comentário. A Constituição Federal permite a publicação do livre pensamento de qualquer cidadão, desde que não seja de forma anônima, por isso, comentários provenientes de perfis "fake" ou "falsos" podem ser ocultados e bloqueados. Comente, compartilhe sua opinião, mas de forma moderada.